Como escolher uma boa organização leiloeira?

  • 11 de outubro de 2018
  • por projetual
  • 0 comentário(s)
Notícias

A transparência, reputação e competência da organização são critérios fundamentais na hora desta decisão.

 

Comprar ou vender em leilões judiciais ou extrajudiciais é uma transação vantajosa pra ambas as partes. Apesar de não haver uma negociação direta entre vendedor e comprador, quando bem conduzido, um leilão tende a resultar em um bom negócio tanto para quem está vendendo, pois consegue capitalizar rapidamente o bem pelo maior valor possível que o mercado está disposto a pagar; quanto para quem está comprando, pois nem sempre o maior valor possível aceito pelo mercado é um valor elevado. No caso de massas falidas e leilões em segunda praça, os lances mínimos podem iniciar em 50% do valor de avaliação.

Imagem: Shutterstock

No entanto, muito além dos preços atrativos, o que determina o sucesso de um leilão é a competência da organização leiloeira responsável pela condução da hasta. Ao decidir vender ou comprar um bem nesta modalidade, é importante que você escolha um leiloeiro sério, que atue de forma transparente e com a expertise necessária para que a realização do leilão não termine em dor de cabeça.

Existem dispositivos legais que regulamentam a profissão, tais como: o Decreto Federal de 21.981/32, Instruções Normativas, Leis Estaduais, Resoluções das Juntas Comerciais, Regulamento do Conselho Nacional de Justiça e dos Tribunais de Justiça Estaduais, aos quais os leiloeiros devem estar habilitados e dar rigoroso cumprimento. O leiloeiro é profissional de Fé Pública. Uma forma de comprovar o bom trabalho do leiloeiro é ouvindo os testemunhos de outros compradores e vendedores, além dos diferenciais que ele entrega.

JORGE NOGARI

No mercado há 20 anos, Jorge Nogari é o leiloeiro responsável pela Nogari Leilões. Filho de leiloeiros, traz para a organização a experiência de mais de 50 anos da família neste mercado e está habilitado para realizar hastas nos estados do Paraná e de Santa Catarina. São raros os leiloeiros com matrículas em mais de um estado. Também é avaliador habilitado pela Câmara de Valores Imobiliários (CVI-PR) desde 1994.

Você também deve procurar por informações sobre a transparência e idoneidade da instituição leiloeira. Algumas organizações estão interessadas apenas nos percentuais de comissão pela venda de um bem, e acabam oferecendo experiências frustrantes e de abandono aos arrematantes.

Uma das bases de trabalho da Nogari Leilões é o compromisso de fazer a analise documental precisa dos bens que vão a leilão trazendo clareza e segurança jurídica aos interessados.. Além disso, também oferece a todos os seus clientes, compradores ou vendedores, assessoria jurídica, acompanhando de perto todas as etapas do processo de compra e venda e sempre disponíveis a esclarecer dúvidas.

Quer vender e comprar em leilões com segurança e com a possibilidade de fechar excelentes negócios? Converse com a equipe por meio dos nossos canais de atendimento. E não deixe de acompanhar sempre o nosso Blog para ficar sempre por dentro de informações importantes sobre leilões e oportunidade de negócios.