Leilão ou Financiamento: qual melhor forma de comprar o primeiro imóvel?

  • 21 de fevereiro de 2019
  • por projetual
  • 0 comentário(s)
Inovações

Casa própria continua sendo o maior sonho do brasileiro. Mas qual alternativa é a mais vantajosa na hora de realizar este sonho? Leilão ou financiamento?

No segundo semestre do ano passado a MindMiners, startup especializada em pesquisas digitais, realizou um estudo para verificar como andava o sentimento do brasileiro em relação ao sonho da casa própria, que sempre esteve no topo dos anseios de consumo da população brasileira. Mas, ultimamente, vem perdendo espaço para outras prioridades, como o investimento em educação, automóvel ou até uma viagem.

Apesar da crescente mudança de pensamento principalmente das gerações mais recentes, contudo, a pesquisa – que ouviu mil pessoas entre 29 de junho e 3 de julho de 2018 – demonstrou que a casa própria continua, sim, liderando a lista de sonhos do brasileiro. Para 52% dos entrevistados, a aquisição de um imóvel é a sua grande prioridade de vida. Entretanto, entre as pessoas que ainda moram com os pais ou pagam aluguel, o desejo de comprar um imóvel para chamar de seu é uma prioridade entre 80% dos entrevistados.

No entanto, entre as angústias da ansiedade de comprar o primeiro imóvel está sempre a preocupação de aproveitar o melhor negócio e aproveitar o melhor momento; e é nesta fase, porém, com as facilidades oferecidas pelos financiamentos e os excelentes preços e popularização dos leilões, que surge uma dúvida cada vez mais comum: qual a melhor forma de aquisição do primeiro imóvel? Financiamento ou leilão de imóveis?

As diferenças

Em primeiro lugar, vale a pena deixar claro qual a diferença entre as duas modalidades. O financiamento ocorre quando o comprador escolhe o imóvel e solicita o financiamento a algum banco, geralmente aquele que lhe oferece as melhores condições para o pagamento. Com a aprovação do financiamento, o banco paga o valor do imóvel para o vendedor e o comprador passa a dever ao banco. Usualmente, o valor é parcelado durante anos e mais anos. Podendo chegar a décadas.

No leilão, o comprador procura nos sites das empresas gestoras as melhores oportunidades e o imóvel que mais lhe interessa. Quando ele encontra o imóvel ideal, ele pode fazer o seu cadastro e, com a aprovação da documentação, estará habilitado a participar da disputa pelo bem leiloado. Ganha o direito de comprar o imóvel aquele que, no dia do leilão, oferecer o maior valor por ele.

E qual o mais vantajoso?

A resposta é: depende do seu planejamento. No financiamento, seja ele de um imóvel novo ou usado, o valor da transação será sempre o valor de mercado, que será divido entre as parcelas. Ocorre ainda o fato de que as instituições financeiras podem financiar até 80% do valor do imóvel, e o comprador terá de dar uma entrada correspondente aos 20% restantes. Em alguns casos, o vendedor também parcela esta entrada, e o comprador acaba saindo da negociação pagando duas parcelas durante alguns meses: a da entrada e a do financiamento. Sem um bom planejamento financeiro, essas cobranças podem se tornar uma armadilha e o comprador na maioria das vezes que realizam os pagamentos até o final do contrato, percebem que pagaram 2x ou até 3x o valor do imóvel, devido os juros dos financiamento.

Origem do imóvel

Entretanto, nos leilões, pela origem do imóvel geralmente por ser de ações de execução ou retomados por uma instituição financeira por conta de atrasos nas parcelas de financiamento, os valores praticados para a venda tendem a ser bem menores que os do mercado. Em alguns casos, 60% mais baratos que o valor de avaliação do imóvel. Contudo, a informação importante é que os pagamentos de bens adquiridos em leilões devem ser pagos à vista ou, em algumas exceções, a justiça tem parcelado o pagamento de imóveis em até 60 meses.

Então, se você já vem guardando dinheiro há algum tempo, mirando na aquisição de um imóvel, os leilões podem oferecer oportunidades bem mais vantajosas que um financiamento. Entretanto, se você ainda é inexperiente na aquisição de bens em leilões, vale a pena ter ajuda de uma assessoria especializada no assunto para que você tenha a certeza de estar fazendo um negócio seguro e livre de qualquer imbróglio jurídico ou fiscal.

 

Está pensando em comprar o seu primeiro imóvel? Então você pode contar com a nossa ajuda. Entre agora mesmo em contato com a Nogari Leilões e saiba mais sobre as nossas oportunidades em leilões de imóveis, e aproveite também para conhecer a nossa exclusiva assessoria jurídica em leilões. Importante salientar que só trabalhamos com imóveis totalmente desembaraçados, prontos para transferência! Então ligue +55 41. 3333-1515 | +55 41. 3333-2020 | +55 48 3025-1010 e agende a sua visita.