Por que o leiloeiro usa um martelo?

martelo_leiloeiro
  • 10 de fevereiro de 2019
  • por projetual
  • 0 comentário(s)
Curiosidades

Utilizado em diversas outras profissões, o uso do martelo em leilões está ligado a costumes da antiguidade. Instrumento desempenha um papel simbólico.

Dou-lhe uma. Dou-lhe duas. Dou-lhe três. Ao acabar de ler estas palavras você certamente imaginou um leiloeiro batendo com um martelo de madeira em uma mesa ou púlpito. Isso porque o martelo de leiloeiro é um daqueles instrumentos de trabalho icônicos e que rapidamente faz a associação à profissão a que ele representa.

martelo_leiloeiro

Imagem: Shutterstock

 

Apesar do martelo ser um objeto usado em diversas outras profissões, o instrumento desempenha um papel diferente em cada uma delas. Seja ele como ferramenta efetiva para o trabalho, como o martelo de carpinteiro, por exemplo, ou simbólico, como o martelo do juiz de direito ou o martelo do leiloeiro.

 

Para essas duas últimas profissões, especificamente, o uso do martelo remonta costumes da antiguidade, quando sacerdotes, reis e outras autoridades empunhavam um cajado nos cultos religiosos e assembleias públicas. Para chamar a atenção do público, impor ordem ou sacramentar uma decisão, o cajado era batido no chão, atribuindo autoridade a quem o empunhava.

 

Tempos depois o cajado foi substituído por um cetro, uma espécie de cajado um pouco menor que agora não era mais batido no chão, mas em alguma superfície. O instrumento sofreu outras modificações ao longo do tempo até chegar no martelo de madeira o qual conhecemos hoje em dia.

 

Diferente do simbolismo dentro do direito, onde o martelo legitima o ato e sela a decisão do juiz, nos leilões, o papel simbólico do martelo é anunciar o fim da disputa, o fechamento do negócio e formalizar o compromisso entre quem comprou e quem está vendendo. Ao mesmo tempo, a batida do martelo ecoa como uma concordância coletiva de que aquela disputa encerrou e que o bem leiloado já possui um novo dono: aquele que deu o maior lance.

 

Gostou do nosso texto de hoje? Então não deixe de continuar visitando o nosso Blog. Além de curiosidades como esta, você também poderá ler sobre notícias do mercado financeiro, dicas de investimentos, novidades sobre cursos e eventos e muito mais.